Publicidade

sábado, 12 de junho de 2010

Copa do Mundo - 1º dia: Começou a festa!

Começou! A Jabulani rolou e a Copa do Mundo teve início. Dois jogos, válidos pelo Grupo A. Boa estreia da África do Sul, regular do México, e um jogo fraquinho entre Uruguai e França. Vamos lá:

- África do Sul 1x1 México: Dois tempos distintos e uma mudança de Parreira marcaram a partida. O México começou melhor, chegando sempre pelo lado direito de ataque, utilizando Aguilar e comandado por Giovani dos Santos. A África do Sul, afobada, não conseguia trocar muitos passes e chegava pouco. Porém, os mexicanos não conseguiam concluir com perigo.

Os Bafana Bafana foram aproveitando os espaços deixados na marcação adversária e ganharam campo. A alteração de Parreira no intervalo, sacando o fraco Thwala e colocando Masilela. A mudança ajustou a marcação naquele setor e deu novo ritmo ao time. Apostando na velocidade e nos contra-ataques, a África do Sul passou a ser mais perigosa e conseguiu abrir o placar. Ótimo passe de Pienaar e bela conclusão de Tshabalala, fazendo a festa no Soccer City.

Porém, os comandados de Parreira não conseguiram segurar o placar. Em falha de marcação, na famosa "linha-burra", Rafa Marquez ficou sozinho e deixou tudo igual. No fim, Mphela mandou no pé da trave.

Se souber conter a afobação e apostar na velocidade, a África do Sul pode sim surpreender. Só que precisa marcar melhor. O México não deve ir longe. As entradas de Blanco e Guardado melhoraram a equipe. Aguirre precisa mecher no time. Se não, volta mais cedo para casa.

Ficha

Johanesburgo - Estádio Soccer City

África do Sul: 16 Khune; 2 Gaxa, 4 Mokoena, 20 Khumalo e 15 Thwala (3 Masilela [A]); 12 Letsholonyane, 13 Dikgacoi [A], 11 Modise e 8 Tshabalala [1]; 10 Pienaar e 9 Mphela; Téc: Carlos Alberto Parreira.

México: 1 Pérez; 2 Rodrigues, 5 Osorio e 4 Rafa Marquez [1]; 12 Aguilar (18 Guardado), 16 Juárez [A], 6 Torrado [A], 17 Giovani dos Santos e 3 Salcido; 11 Vela (10 Blanco) e 9 Franco (14 Hernandez) ; Téc: Javier Aguirre.

Árbitro: Ravshan Irmatov (UZB)


- Uruguai 0x0 França: Quem esperava, como eu, um grande jogo, ficou frustrado. Uruguai e França fizeram um jogo morno demais. Govou perdeu grande chance após jogada de Ribéry. Depois, Forlán fez o goleiro Lloris. Gourcuff cobrou falta com perigo. E só. Foi o que se viu no primeiro tempo.

Na segunda etapa, tirando um chute ali, outro lá, e uma oportunidade de Forlán, nada. Ah, Lodeiro foi expulso. E Henry, por ironia do destino, reclamou de um toque de mão na defesa uruguaia. Nada mais.

O time uruguaio tem um meio-campo fraco, sem qualidade na saída de jogo e na armação. Os laterais aparecem pouco. Forlán sozinho não faz milagre. Já na França, não entendo o motivo de Malouda e Henry ficarem no banco. Até Cissé é melhor que Anelka. Com Domenech, vai ser complicado esperar algo da França.

Ficha:

Cidade do Cabo - Estádio Green Point

Uruguai: 1 Muslera; 6 Victorino [A], 2 Lugano [A] e 3 Diego Godín; 16 Maxi Pereira, 15 Diego Pérez (8 Eguren), 17 Arévalo, 18 Ignacio González (14 Lodeiro [A] [V]) e 11 Álvaro Pereira; 9 Luis Suarez (13 Loco Abreu) e 10 Diego Forlán. Téc: Oscar Tabárez.

França: 1 Lloris; 2 Sagna, 5 Gallas, 3 Abidal e 13 Evra [A]; 14 Toulalan [A], 19 Diaby, 8 Gourcuff (15 Malouda) e 7 Ribéry [A]; 10 Govou (11 Gignac) e 21 Anelka (14 Henry); Téc: Raymond Domenech.

Árbitro: Yuichi Nishimura (JPN)

Imagens: Globo.com

2 comentários:

Op7 Brasil disse...

No www.futetube.net tem os vídeos da copa!

New disse...

Oiêee, tem selinho prá vc aqui: http://futeboldeminisaia.blogspot.com/2010/08/blog-de-ouro.html
Beijos